Sites para você trocar, compartilhar ou alugar seus bens

Trocar ou alugar bens, ao invés de comprá-los, para ajudar o planeta. Esse é o objetivo do consumo colaborativo, tendência que ganha força mundial e chega aos poucos no Brasil.

De acordo com os empreendedores Rachel Borsman e Roo Rogers , que escreveram o livro ‘Collaborative Consumption’, o fenômeno “refere-se à expansão das práticas de compartilhamento, troca, empréstimo, intercâmbio, aluguel e doação, reinventados por meio da tecnologia de rede em uma escala e de uma maneira sem precedentes”.

As ofertas são as mais inusitadas possíveis. Vão desde o aluguel de carros por períodos fracionados em horas, empréstimo de furadeira para uma reforma rápida ou a troca de um livro ou roupa que estavam esquecidos no armário.

Você deve estar pensando, agora: “Mas será que isso é seguro?” Em um modelo de consumo colaborativo, a reputação das pessoas se torna uma das principais moedas. Então, antes de efetuar sua troca/aluguel você terá como analisar se quem o oferece é confiável.

Conheça algumas ferramentas que trabalham esse conceito:

Brasileiras

Dois Camelos: Aplicativo permite troca de produtos entre usuários do Facebook. Você pode oferecer ou divulgar o que está precisando.

Enjoei: Bazar online de roupas e acessórios que você pode vender o que não usa mais.

Pto de Contato: Profissionais autônomos dividem o mesmo espaço de trabalho.

DescolaAí: Além da troca, possibilita o aluguel de bens. Vantagem: o site possui um sistema que localiza o usuário mais próximo geograficamente daquele que procura o produto.

Boxkids: Ajuda pais a trocarem roupas, livros e brinquedos das crianças.

Estrangeiras

Zipcar: Serviço de aluguel de carros, no qual as pessoas alugam seus veículos para outras por algumas horas.

Swap: Permite a troca de um objeto por outro.

Conhece mais alguma brasileira? Compartilhe conosco!

Adicionar comentário

Seu e-mail não será publicado.

Videos

Em 2015 os vídeos online corresponderam a 57% do tráfego de internet, sendo o equivalente a quase 4x o tráfego de buscas e e-mail juntos. Até 2017, esse número tende a aumentar para 67%. Nossos vídeos são atrativos aos internautas e com diferencial para sua campanha eleitoral.

Sites e blogs

Com a legislação em vigor, a campanha eleitoral em 2016 será mais curta. Com isso, ganha ainda mais importância o período de pré-campanha. Sendo assim, sua presença na internet deve ocorrer o quanto antes, e sites e blogs são uma grande oportunidade de estar junto ao eleitor. Para que não haja qualquer questionamento quanto a uma possível campanha antecipada, trabalhamos a questão da identidade visual em acordo com a legislação, para que o candidato possa produzir seu conteúdo e dialogar com seu público sem qualquer preocupação.

Apps

Brasileiros com internet no smartphone já são mais de 70 milhões, não há como ignorar o mobile na sua campanha eleitoral! Provemos a melhor experiência ao usuário, criando aplicativos que de fato facilitam a vida dele. Realizamos desde o planejamento do app à sua publicação na App Store ou Google Play.

Planejamento de campanha eleitoral na internet

Uma campanha eleitoral na internet considera a integração total das várias frentes com as quais o candidato irá trabalhar. Além disso, o foco está no eleitor e sua relação direta com ele. É preciso objetivos bem definidos e estratégias assertivas e eficazes, que promovam a aproximação, o diálogo e a conversão do voto. Realizamos o planejamento a partir de pesquisas bem elaboradas, identificação de público, definição de canais a serem utilizados, metas a serem alcançadas e métricas.

Redes Sociais

De nada adianta estar nas redes sociais se a presença ocorrer da maneira errada. Redes Sociais são feitas para dialogar e é isso que o eleitor espera. Por isso, trabalhamos com a identificação das redes que possuem maior relação junto ao eleitor, considerando aspectos locais e culturais. Formatamos os canais, e gerenciamos essas redes produzindo conteúdo adequado e, principalmente, promovendo o diálogo com o eleitor, proporcionando uma aproximação que resulte na conversão do voto.

Produção de conteúdo para redes sociais

A produção de conteúdo considera aquilo que o internauta busca encontrar, sejam informações a respeito do candidato, suas propostas, ou aquelas que o auxiliem em alguma necessidade que vai além do aspecto eleitoral. Produzir conteúdo é atender a expectativa do internauta, entender suas necessidades e entregar o que ele procura. Ao fazer isso, damos um passo importante para ser um aliado, uma fonte segura de informações, o que contribui para a aproximação e posterior engajamento.

Monitoramento em Redes Sociais

Para isso, definimos palavras chave e parâmetros que nos permitam saber, extamente, o que o eleitor está falando a respeito do candidato na rede. Além disso, por meio do monitoramento, é possível saber como os adversários se comportam na rede e como eles também são percebidos e descritos pelo internauta. Os dados levantados podem ser importantes aliados na definição de estratégias, ações e tomada de decisões quanto ao rumo da campanha.

Gerenciamento de Crise em Redes Sociais

O melhor em relação a uma crise, é evitá-la. Agora, se nào foi possível, o importante é agir da forma correta. Saber que momento é esse, e quais medidas adotar, é uma tarefa para profissionais. A Vincere está capacitada para atender seus clientes nos momentos mais difíceis, com eficácia e precisão. Saber o que falar e quando falar fazem toda a diferença. Por isso, gerenciar crise é algo que prcisa ser feito por quem sabe como analisar a situação com isenção, frieza e clareza, para que as decisões tomadas sejam assertivas e ponham um fim ao problema.

Consultoria Digital

Na consultoria, avaliamos, periódicamente, o trabalho realizado pelo cliente no uso das redes sociais durante sua campanha, e realizamos orientações e ajustes necessários para que ele melhore sua perfomance na internet e, principalmente, o relacionamento com o seu eleitor.

Cursos e treinamentos

– Treinamento em Comunicação Digital

 

Capacitação de equipe para atuar com comunicação digital, a partir dos princípios básicos de conceitos e produção. A partir dele, será possível efetuar planejamento e promover o gerenciamento de ações no ambiente digital.

 

– Marketing Político Digital

Neste curso, discutimos os princípios do marketing político e como o ambiente digital se tornou um grande aliado das estratégias das campanhas eleitorais. Nele, trabalhamos o comportamento do eleitor, as ferramentas que podem ser utilizadas e, principalmente, a força do relacionamento.

 

– O uso de redes sociais em prol dos mandatos

 

Elas são, sem dúvidas, grandes aliadas, se trabalhadas da forma correta. Sua utilização deve considerar a importância da produção de conteúdo adequada e a força do relacionamento como forma de aproximar o poder público do cidadão.

 

– Gerenciamento de crises em redes sociais para agentes políticos, prefeituras e câmaras

 

Uma das situações mais vivenciadas pelos agentes políticos – com mandatos, principalmente – por prefeituras e câmaras é a crise. Elas surgem a todo momento, e pelos mais variados motivos. Entender sua origem e, fundamentalmente, gerenciá-la é o primeiro passo para transformar situações adversas em fatores positivos.